quarta-feira, 14 de maio de 2014

[OPINIÃO] Uma História de Amor Eterno - Sebastian Cole

Opinião:

Uma História de Amor Eterno, no original Sand Dollar, conta-nos a história de Noah Hartman, um romântico incurável que procura o seu verdadeiro amor e quando o encontra, luta por ele até ao fim.

Noah, um empresário de sucesso mas infeliz com a sua vida, embarca numa viagem à procura da sua alma gémea, a qual encontra em Robin, uma mulher espontânea que o leva a desafiar todas as normas da sua vida e decisões confortáveis já tomadas.

Tendo vários obstáculos que se cruzam ao longo do enredo para tentar separar este casal, Noah e Robin irão demonstrar ao leitor que o verdadeiro é para sempre.

Gostei bastante de ler este livro apesar de fugir um pouco ao meu género literário. Achei a escrita bastante bem encadeada e entusiasmante. Enquanto a história, este amor tão testado, é algo com que facilmente empatizo, envolvo-me com a narrativa e torço por um final feliz. As personagens estão muito bem construídas, a fé imbatível de Noah no seu amor por Robin é apaixonante.

Contado na primeira pessoa, o decorrer da história é muito marcado pelos sentimentos da personagem central, mesmo os períodos mais tristes parecem mais longos – como na vida de qualquer pessoa parecem – e os períodos mais felizes parecem ferozmente fugazes.

Sendo o livro de estreia do autor, revela já uma capacidade fantástica para apaixonar o público e promete criar uma legião de fãs do escritor vencedor do Beverly Hills Book Award e finalista de tantos outros prémios literários internacionais.

Já no fim, realço um excerto da nota do autor que se encontra no final do livro em que Sebastian Cole escreve:


“(…) Embora haja por aí muitos leitores que apreciam uma boa fantasia, compreendo que haja outros que preferem manter as coisas dentro da realidade. Portanto, para esses românticos que só desejam ler histórias de amor reais, ponderem o seguinte: Noah e Robin, embora personagens da ficção, foram emocionalmente inspirados por pessoas reais. (…)“


Tendo em conta isto, e vários aspectos comuns entre Noah e o autor, pergunto-me: Será o Noah inspirado no Sebastian Cole? Se sim, quem será a Robin da vida dele?
 
 
Tenho uma cópia deste livrinho para oferecer, participe aqui!

Sem comentários:

Publicar um comentário